Postado em: Destaques, Planejamento pessoalPor:
10 de dezembro de 2018 Ultima atualização: 10 de dezembro de 2018

Investimentos seguros: onde investir o 13º salário

Uau, o ano voou! Num piscar de olhos, lá se vai 2018, levando junto uma parte do nosso dinheiro com as despesas tradicionais do período de festas. Por outro lado, essa é também a época de receber o 13º salário.

10 de dezembro de 2018

Mais que usar essa remuneração adicional para custear as férias e presentes de Natal, que tal se organizar para investir seu 13º e, assim, começar o novo ano com uma reserva extra? Continue lendo para saber como aproveitar seu 13º salário da melhor maneira e investi-lo com segurança.

Pagamento do 13º salário em 2018

Quem trabalha no regime CLT, com carteira assinada, deve por lei receber integralmente o 13º salário até o dia 20 de dezembro de 2018. As empresas geralmente fazem o pagamento em duas parcelas. Nesse caso, a primeira parcela deve ser paga até o dia 30 de novembro de 2018.

O pagamento do 13º salário contribui para aquecer a economia. Você faz ideia da quantidade de pessoas que recebem o benefício?

Em 2018, cerca de 84,5 milhões de brasileiros receberão o 13º salário, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese)1. O valor total pago somará cerca de R$ 211 bilhões, ou 3% do PIB do país.

Como usar seu 13º salário da melhor maneira

O 13º salário é uma entrada de dinheiro totalmente previsível. Você sabe com antecedência que irá receber esse recurso. Portanto, aproveite para planejar como ele será utilizado em seu orçamento pessoal.

Planejar, nesse caso, nada mais é que dar uma função a cada centavo.

Calculando o valor do seu 13º previamente (ensinaremos como logo adiante), você tem a oportunidade de usar esse recurso da forma que faz mais sentido para você.

Nesse processo, é importante parar, pensar e lembrar quais são os objetivos dentro do seu planejamento financeiro. Quando entra um dinheiro extra na sua conta, e esse dinheiro não tem um destino definido, o risco de cair na tentação das compras por impulso é grande. Se você tem claros quais são os seus objetivos, porém, é mais fácil usar para coisas que você tenha conscientemente decidido priorizar.

Ainda não tem um orçamento pessoal? Que tal considerar o 13º salário como uma oportunidade de colocar as finanças nos eixos e começar 2019 com certa folga? Saiba por onde começar um orçamento financeiro pessoal.

Algumas dicas que irão te ajudar a usar seu 13º salário da melhor maneira:

  • Se você tem dívidas não controladas, não hesite em destinar o 13º salário para quitá-las integralmente ou ao menos em parte. Dívidas pessoais cobram juros muito altos: se livrar delas é o melhor investimento para você e para seu dinheiro. Atenção especial às dívidas com cartão de crédito ou cheque especial, que costumam ter os maiores juros.
  • Se seu orçamento está equilibrado, mas você não se programou ao longo do ano para as despesas extras de dezembro e janeiro, aproveite uma parte do 13º salário para isso. Em dezembro você pode ter gastos extras com presentes, confraternizações e viagens. Em janeiro, começam a chegar os boletos do “kit de ano novo”: IPTU, IPVA e licenciamento (para quem tem carro), matrículas, material escolar…
  • Sejam quais forem seus objetivos, aproveite para investir ao menos uma parte do 13º salário. Investir é um hábito saudável e que sempre vale a pena incentivar, especialmente se você recebeu sua renda mensal em dobro!

Onde investir o 13º salário

A resposta é: depende dos seus objetivos!

Se você pretende usar os recursos no curto prazo, escolha uma aplicação de renda fixa com liquidez diária. Pode ser um CDB, um fundo de renda fixa ou o Tesouro Selic.

O que rende mais? Compare a rentabilidade de aplicações de renda fixa. Baixe a planilha de comparação de investimentos.

Já se seus objetivos são para o médio a longo prazo, aproveite para diversificar suas aplicações.

Quer uma ideia do que seria uma carteira de investimentos balanceada? Faça nosso teste de perfil de investidor e confira a alocação de carteira que recomendamos na Vérios.

Um spoiler: são cinco tipos de investimento diferentes que recomendamos. Títulos do Tesouro Direto indexados à taxa Selic, à inflação (IPCA) e prefixados são exemplos de aplicações de renda fixa super seguras que ajudam a diversificar a carteira.

Saiba como calcular seu 13º salário

O valor do 13º salário tem como base os seus vencimentos de dezembro e sofre os mesmos descontos dos salários: contribuição previdenciária (INSS) e Imposto de Renda.

Se você está empregado há menos de 12 meses, receberá o 13º salário proporcional ao período trabalhado. Por exemplo, quem trabalhou por 3 meses recebe 3/12 (=1/4) do salário.

Se você recebe o 13º salário em duas parcelas, a primeira parcela corresponde exatamente à metade do valor devido. Na segunda parcela, são contabilizados os descontos. Ou seja: a segunda parcela sempre será menor que a primeira.

Curiosidades

  • O 13º salário foi regulamentado no Brasil no ano de 1965.
  • Nos Estados Unidos não existe o 13º salário, mas alguns empregadores pagam uma gratificação de fim de ano aos funcionários. Em Portugal, o benefício existe e é chamado de 13º mês ou subsídio de Natal.
  • Aposentados e pensionistas também recebem o 13º salário.
  • Pessoas que foram demitidas por justa causa não têm direito a receber o 13º salário proporcional no momento da rescisão.
  • Para quem recebe comissões, o cálculo do 13º salário devido inclui a média da remuneração variável ao longo do ano.

_____

1 Fonte: Nota do Dieese à Imprensa, 18/10/2018.

Este artigo foi útil para você?
Investimentos seguros: onde investir o 13º salário
4.5 (90%) 6 votes

Compartilhe:
10 de dezembro de 2018
Ultima atualização: 10 de dezembro de 2018

Você pode gostar também…

36953210 min de leitura

Como conquistar a independência financeira

Muitas pessoas pensam que independência financeira é ter muito dinheiro investido para conseguir viver de uma "renda passiva" sem precisar trabalhar mais. No entanto, a conquista da independência financeira é algo gradual, que pode ser alcançado seguindo essas 4 dicas. Confira!

Continue lendo
28641215 min de leitura

Casais inteligentes enriquecem juntos: como investir melhor a dois

Como lidar com os investimentos em casal? Em minha missão diária de ajudar pessoas a investirem melhor seu dinheiro, esse tema sempre aparece. Planejar as finanças, controlar despesas, traçar objetivos, investir a dois. Parece complicado, mas não precisa ser.

Continue lendo
108743 min de leitura

Fintech Day 2018: Vérios participa com Tesouro Direto, B3 e Anbima

O que precisa mudar no mercado financeiro tradicional? Quais iniciativas já estão transformando os serviços financeiros e melhorando a vida das pessoas? Esses foram al...

Continue lendo

Autores

CEO da Vérios, a fintech que te ajuda a fazer investimentos inteligentes, de forma fácil, rentável e segura. Pode confiar. Felipe conta com mais de 10 anos de atuação no mercado financeiro, e em 2011 cofundou o site Comparação de Fundos, primeiro a dar transparência a mais de 15 mil fundos de investimento. É advogado pela USP e pós-graduado em Finanças Corporativas e Investment Banking pela FIA.

Comentários